Maria Luisa Tavora

Professor Permanente
Pós-doutorado, 2006-2007, École des Hautes Études en Sciences Sociales - Paris
Doutora em História Social, 2000, IFCS/UFRJ
Mestre em História da Arte, 1990, EBA/UFRJ
Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Categoria 2
Orientadora de Mestrado e Doutorado
Acesse o currículo Lattes


Doutora em História Social /IFCS/UFRJ (2000) com pós-doutorado realizado na École des Hautes Études en Sciences Sociales – Paris (2006-2007). Mestre em História da Arte/EBA/UFRJ (1990), com especialização em História da Arte e da Arquitetura no Brasil /PUC -Rio (1987). Atualmente é Professor Associado de História da Arte na Escola de Belas Artes/UFRJ, atuando nos cursos de Graduação do Departamento de História e Teoria da Arte e na Pós-graduação no Programa de Pós-graduação em Artes Visuais(PPGAV). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em História das Artes Visuais, atuando principalmente nos seguintes temas: arte brasileira no sec. XX e XXI: arte moderna e contemporânea; gravura e pintura; crítica de arte, núcleos de formação artística. Membro da ANPAP, da ABCA e AICA. Coeditora da revista Arte & Ensaios do PPGAV / UFRJ. Pesquisadora CNPQ-Pq2.

E-mail: marialuisatavora@gmail.com

Palavras-chave: , , , ,

Interesses de Pesquisa

História da arte brasileira nos séculos XX e XXI, especialmente gravura e pintura; arte moderna e contemporânea, artistas, produção/práticas e discurso crítico; estudos das questões da arte abstrata e suas manifestações no Brasil; gravura informal e sua formulação conceitual a partir da crítica de arte; acervos do MNBA, do MAM-Rio, Ingá, MAC; coleção George Kornis.

Grupos de pesquisa

Questões da arte moderna e contemporânea no Brasil líder de pesquisa
Manifestações do informalismo na gravura artística, nos anos 50/60 líder de pesquisa
experiências da arte moderna e contemporânea no brasil líder de pesquisa

Pesquisas

O Atelier de l’Ermitage de Johnny Friedlaender e o Ateliê livre de gravura do MAM-Rio: Questões da gravura como meio expressivo líder de pesquisa
Poéticas e questões do informalismo na gravura artística: Rio de Janeiro – anos 1950/60 líder de pesquisa

Produção Bibliográfica

Arqueologias gráficas: devir e expressão em Isabel Pons, Iberê Camargo e Fayga Ostrower autor
Uma beleza, a beleza autor
O campo da gravura artística nas décadas de 1950/60, no Rio de Janeiro: poéticas e políticas autor

Teses

ARTE CONCRETA ALÉM DA EUROPA: diálogos entre Brasil e Argentina através do MAM RJ