LUMINA LUNA: paisagens poéticas

Poéticas Interdisciplinares


A pesquisa Lumina luna: paisagens poéticas, tem seu discurso fundamentado na
iluminação a partir da luz da ‘Lua cheia’ e os efeitos que essa luz poderá causar no
imaginário do observador. Para tanto, tomou-se os estados de criação como eixo central
que dá apoio aos conceitos desenvolvidos baseado na observação direta do objeto de
estudo em seu cenário natural, e sua posterior análise como objeto reproduzido na mídia
fotográfica. Sendo assim, procurou-se desenvolver o pensamento voltado para a
construção de processos criativos tendo como ponto iniciante a luz da ‘Lua cheia’. Nesse
estudo, a fotografia noturna tornou-se matéria para elaboração de um discurso
fundamentado na hipótese de que em tal qualidade de luz as imagens despertam sensações
diferenciadas o que denominou-se: efeitos senso-emocionais. Isto é, sensações que
provocam a fantasia, o sonho, e a poesia, sob o olhar do espectador. Com base nesse eixo
reflexivo criou-se conceitos para paisagens-lembranças, paisagens-memórias e
paisagens-poéticas, fundamentando, assim, o cenário noturno como catalizador de
sensações. A pesquisa é completada com a descrição de experiências particulares para as
quais as ações do investigador se misturam com o olhar do espectador, onde os
“reenquadramentos do fotográfico” reordenam a memória.

Tese Edgard Mesquita de Oliva Junior 2016