Seminário internacional: Conexões para circulação de artistas, gestores e ideias.

A Oficina Cultural Oswald de Andrade convida a todos para o Seminário internacional: Conexões para circulação de artistas, gestores e ideias!

 

Inscrevam-se no link: http://www.oficinasculturais.org.br/programacao/detalhe-programacao.php?idprogramacao=4108


SEMINÁRIO INTERNACIONAL: CONEXÕES PARA CIRCULAÇÃO DE ARTISTAS, GESTORES E IDEIAS

Convidados:
André Fonseca (Projecta / Brasil)
Elizabeth Doud (National Performance Network / Estados Unidos)
Jaider Orsini (La Red Artistas del Caribe / Colômbia)
Miguel Galperin (Teatro Colón / Argentina)
Marcelo Zamora (Rede Latino Americana de Produtores Culturais da América Latina e Caribe / Brasil)
Natacha Melo (Red Sudamericana de Danza / Uruguai)

5 e 6/12 – sexta-feira e sábado – 10h às 13h
Público: artistas, pesquisadores e comunicadores; estudiosos e profissionais da gestão cultural
Seleção: primeiros inscritos
120 vagas
Voltado a artistas, pesquisadores e profissionais da gestão cultural, o seminário internacional “Conexões para Circulação de Artistas, Gestores e Ideias” tem o objetivo de contribuir para o aperfeiçoamento da capacidade de desenvolver ações culturais sustentáveis. Em dois dias, no período da manhã, gestores respeitados do Brasil e de outros países da América discutirão a mobilidade cultural de artistas, gestores e ideias, a criação de redes colaborativas e as conexões entre agrupamentos, traçando um panorama latino-americano e transnacional. Ao final, será construído um documento coletivo em torno das discussões. O seminário será complementado por um workshop no período da tarde.

Programa:

Dia 5, sexta-feira, 10h às 13h
MESA: CONEXÕES LATINO-AMERICANAS EM GESTÃO PARA A MOBILIDADE
Participantes: André Fonseca, Miguel Galperin e Natacha Melo
Mediação: Jaqueline Vasconcellos

André Fonseca, consultor e pesquisador independente em gestão cultural, fundou e dirige a Projecta, empresa especializada na área. É graduado em Comunicação Social / Marketing pela ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing e pós-graduado em Cooperação e Gestão Cultural Internacional pela Universidade de Barcelona, onde desenvolveu pesquisa sobre os processos de formação em gestão cultural na América do Sul. Ministrante da pós-graduação Gestão Cultural: desenvolvimento e mercado, do Senac.

Miguel Galperin é o diretor do Centro de Experimentação do Teatro Colón e leciona na Universidade Nacional de Quilmes e no Conservatório Superior Manuel de Falla, em Buenos Aires. É PhD em Música (Teoria e Composição) pela Universidade da Califórnia em Davis. Desde 2013 é produtor executivo da companhia de ópera Teatro Musical Contemporáneo.

Natacha Melo, intérprete e docente de dança, é fundadora e coordenadora geral da Red Sudamericana de Danza. Formou-se pela Escuela Nacional de Danza de Uruguay e pela Universidade de Rotterdam, na Holanda. É curadora do Festival Internacional de Artes Escénicas de Montevideo e membro da Asociación de Danza del Uruguay.

Jaqueline Vasconcellos, mestre em Dança pela Universidade Federal da Bahia, é programadora cultural na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Conquistou diversos prêmios nacionais e internacionais na área de dança. Foi coordenadora e curadora da Plataforma Internacional de Dança, realizou o 2º Encontro de Coreógrafos Brasileiros e Espanhóis com o grupo catalão Konic Thtr e idealizou e coordenou o Zona Pirata #1.

Dia 6, sábado, 10h às 13h
MESA: REDES DE PRODUTORES E MOBILIDADE TRANSCONTINENTAL
Participantes: Elizabeth Doud, Jaider Orsini e Marcelo Zamora
Mediação: Michelle Gonçalves

Elizabeth Doud, performer, escritora e artista gráfica, é mestre em Artes em Escrita Criativa pela Universidade de Miami. É artista independente e codiretora artística do coletivo de Miami Las Negras Theater Collective. Atualmente é coordenadora do National Performance Network.

Jaider Orsini é licenciado em Artes e Folclore pela Universidad Popular del Cesar e mestrando em estudos do Caribe da Universidad Nacional de Colombia, sede Caribe. Como curador da Aliança Francesa de Valledupar, foi responsável por exposições de artistas locais e internacionais. Foi bolsista de investigação sociocultural e história regional do Governo de Cesar e de investigação curatorial do Ministério da Cultura da Colômbia, com a qual realizou a curadoria do 14º Salão Regional de Artistas da Região Caribe.

Marcelo Zamora é coordenador geral e curador do Fórum de Dança de São José do Rio Preto, presidente da Associação de Amigos da Arte e Mantenedores da Virtual Companhia de Dança e coordenador executivo do FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto.

Michelle Gonçalves, atriz, é coordenadora geral da Oficina Cultural Oswald de Andrade. Formada em interpretação no curso de Teatro da Fundação Clóvis Salgado de Belo Horizonte e licenciada pelo Curso Superior de Artes Cênicas da UFMG, é mestranda em Artes da Cena pela Unicamp. Produziu diversos espetáculos teatrais e eventos como o FIT-BH (Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte), o Festival Mundial de Circo do Brasil e a Mostra Contemporânea de Arte Mineira, em São Paulo.

WORKSHOP: GESTÃO CULTURAL PENSADA COMO OS PROCESSOS DE MEDIAÇÃO
Coordenação: André Fonseca
5 e 6/12 – sexta-feira e sábado – 14h às 17h
Público: gestores, comunicadores e artistas em geral
Inscrições: 24 a 28/11
Seleção: currículo e carta de interesse
20 vagas

A gestão cultural pensada como os processos de mediação entre as ações culturais e os diversos públicos com os quais elas se relacionam. É a partir desse conceito que o workshop mostrará como o entendimento da gestão cultural e de suas ferramentas podem potencializar os resultados de ações e projetos, e auxiliar na construção e condições de sustentabilidade em longo prazo. O conteúdo é abordado em sintonia com o cenário atual de avanço das tecnologias digitais, que vem criando outros modos de criação, distribuição e consumo de cultura, e demandando profissionais capazes de lidar com os novos desafios da área cultural. Os participantes irão conhecer novos modelos de gestão desenvolvidos por projetos e coletivos, assim como ferramentas práticas de gestão e de comunicação com os públicos.

OC_oswald_de_andrade_revisao_2c

 

 

 

 

Publicado por em 26 de novembro de 2014.