Anos 60: Antonio Dias, uma poética entre o bem e o mal. A história de uma passagem na arte brasileira