A formação do artista na Academia Imperial de Belas Artes


A formação do artista na Academia Imperial de Belas Artes / Escola Nacional de Belas Artes coordenado pela Profª Drª Sonia Gomes Pereira. A motivação para a criação deste grupo de pesquisa foi a premiação no Programa Petrobrás Cultural em maio/2004, possibilitando o início desse novo projeto em julho/2005 A Petrobrás está financiando quatro ações relacionadas ao Museu D. João VI da EBA/UFRJ: 1)higienização de todo o acervo (já terminada); 2)modernização da reserva técnica (já terminada); 3)ampliação do Banco de Dados e sua inserção no site do Museu (já terminada); 4)reedição do Catálogo do Museu (neste item, fizemos a edição do Catálogo geral do Museu; agora, estamos digitalizando todo o arquivo histórico para a edição de um catálogo digital). Dessas quatro ações, as duas últimas são ligadas diretamente a esse projeto e a esse grupo de pesquisa. A diferença desse projeto e grupo de pesquisa, em relação a um grupo anterior, está em seu objeto de estudo, ampliando da formação do arquiteto para a formação do artista em geral, e estendendo o recorte temporal do século XIX para o início do século XX, quando a Academia Imperial de Belas Artes foi transformada em Escola Nacional de Belas Artes. O objetivo principal desse grupo de pesquisa é problematizar a questão do ensino artístico, basicamente sob dois enfoques: 1) revisando criticamente conceitos como academicismo e modernidade no campo das artes visuais no período em questão; 2)tentando entender os princípios estéticos que eram empregados no ensino artístico da época e sua adesão a conceitos como estilos e tipologias. O grupo iniciou suas atividades em julho/2005, trabalhando com o acervo do Museu D. João VI da EBA/UFRJ, que conserva grande parte do acervo da AIBA/ENBA. E as pesquisas têm sido divulgadas sistematicamente em publicações.

Pesquisas

A formação do artista na Academia Imperial de Belas Artes / Escola Nacional de Belas Artes. Sonia Gomes Pereira
Pesquisa e preservação do acervo do Professor Emérito Wladimir Alves de Souza
Arquitetura Militar no Brasil-Colonia: Fortificações. A evolução urbana no Rio de Janeiro